Magritte
Search e Contactos
Blogger

Feed Tugir Google Reader
Google


View blog authority

Home Page
Página Principal


Portugal

Mail@Mail:
Geral Tugir
Luis Novaes Tito [LNT]
Carlos Manuel Castro [CMC]


Portugal 2007



Arquivos
Janeiro 2004

Fevereiro 2004

Março 2004

Abril 2004

Maio 2004

Junho 2004

Julho 2004

Agosto 2004

Setembro 2004

Outubro 2004

Novembro 2004

Dezembro 2004

Janeiro 2005

Fevereiro 2005

Março 2005

Abril 2005

Maio 2005

Junho 2005

Julho 2005

Agosto 2005

Setembro 2005

Outubro 2005

Novembro 2005

Dezembro 2005

Janeiro 2006

Fevereiro 2006

Março 2006

Abril 2006

Maio 2006

Junho 2006

Julho 2006

Agosto 2006

Setembro 2006

Outubro 2006

Novembro 2006

Dezembro 2006

Janeiro 2007

Fevereiro 2007

Março 2007

Abril 2007

Maio 2007

Junho 2007

Julho 2007

Agosto 2007

Setembro 2007


Apontadores, Alojamentos e Ferramentas
APDeites
APDSI
Blogo
Blogopédia
Blogs no Sapo
Blogservatório
Dead Links
Directório Paralaxe
Frescos
Gartner
NewsFeeder
Posto de Escuta
Trackback
Weblog.com.pt/


Para saber...
Destakes . Today's Front Pages

Estudos sobre o Comunismo
Opus Dei
Grande Oriente Lusitano
News Feed




Blogs

<- A ->
Abencerragem
Abjurado
Abrangente
Abrigo de Pastora
Abrupto
Absolutamente Ninguém
Absorto
Abstracto Concreto
Actos Irreflectidos
Adufe 4.0
Africanidades
Água Lisa (6)
Aguarelas de Turner
Alberto Velasquez
Aldrabas, Batentes e Fechaduras
Alfragide XXI
Algures Aqui
Aliviar o Pensamento
Almocreve das Petas
Um Amor Atrevido
Amicus Ficaria
O Amigo do Povo
Anarca Constipado
Arcádia
Ardelua
Arrastão
Arroios
A Arte da Fuga
Arte de Opinar
O Artolas
Aspirina B
Atento
Atribulações Locais
Átrium
Avatares de um Desejo
Avenida Central
Axonios Gastos

<- B ->
A Barbearia do Senhor Luís
Bazonga da Kilumba
Bem pelo contrário
Bica e Bagaço
Bichos Carpinteiros
O Bico de Gás
Bisca dos 9
Blasfémias
Blogame Mucho
Blogdozé
Blog Operatório
Blogotinha
Bloguítica
Blue Lounge
Bomba Inteligente
Bonfim
Briteiros
Butterflies & Fairies

<- C ->
O Cachimbo de Magritte
Caetera
Cais da Linha
Câmara Corporativa
Canhoto
Cão com Pulgas
Carlos Alberto
O Carmo e a Trindade
Carreira da Índia
A Causa foi Modificada
Causa Liberal
Causa Nossa
Mas Certamente que sim
Cinco Dias
Claro
Click Portugal
Cogitando
Confraria das Bifanas
Congeminações
O Condomínio Privado
Contra Capa
Corta-Fitas
Crítico
Crónicas Alfacinhas

<- D ->
Dar a Tramela
Descrédito
Despertar da Mente
A Destreza das Dúvidas
Destak
Devaneios Desintéricos
2 + 2 = 5
2 Dedos de Conversa
Defender o Quadrado
Dia da Espiga
O Diplomata
DoteCome Blog
- 273,15º C

<- E ->
Economia & Finanças
Elba EveryWhere
E.N 101
Ensaio Geral
Errante
Escaninho
O Escudo
Espumadamente
Esta Lisboa que eu Amo
Estrada Poeirenta
Estranho Estrangeiro
Expresso Conspiracy
Expresso Direcção

<- F ->
Faccioso
Fayal
Faz-te ao Largo
Filhos Perdidos
Fim de Semana Alucinante
Food-i-do
Foram-se os Anéis
A Forma e o Conteúdo
Forum Campo de Ourique
Forum Cidadania
Forum Comunitário
Freelance
French Kissin'
Fumaças
O Futuro Presente

<- G ->
Galo Verde
Gazeta Lusitana
Geração Rasca
Gestão/Marketing
Glória Fácil
Grande Loja Queijo Limiano

<- H ->
Há Mouro na Costa
Hoje há Conquilhas
O Homem do Leme

<- I ->
Ideias Soltas
Ilhas
A Ilusão da Visão
In Absentia
Inclusão e Cidadania
Incoativo
Incontinentes Verbais
Insinuações
O Insurgente
A Insustentável Leveza
Íntima Fracção

<- J ->
Jardim de Luz
JNPDI
João Soares
Jornalismo e Comunicação
JS Famalicão
JS Tomar
O Jumento

<- K ->
Klepsýdra
Kontrastes 2.0
Kontratempos

<- L ->
Lapas do Almonda
Legalices
A Lei do Funil
Letras com Garfos
LiBlog
Linha de Cabotagem
Linha de Conta
Lisboa Lisboa
LisbonLab
Lisbon Photos
Da Literatura
Lóbi do Chá
Loja de Ideias
Luminiscências
Lusofin
Luz e Dias

<- M ->
Macroscópio
Mader Focar
Mais Actual
Malaposta
Manos Metralhas
Mar Salgado
Margem Esquerda
Margens de Erro
Marquesa
Marretas
Ma-Shamba
Mau Tempo no Canil
Meia Laranja
Meia Livraria
Memória Virtual
Minha Rica Casinha
Miniscente
Miranda e Eu
Miss Pearls
Mitos Rurais e Urbanos
O Mocho II
A Montanha Mágica
Mudar a Máquina do Estado...
Muito cá da Casa
O Mundo Perfeito
Mundo Pessoa
Murcon
Murro no Estômago

<- N ->
Nada mais Claro
Nelsu, uma preta!
Nimbypólis
A Nossa Rádio
Os Nossos Queridos Jornalistas Desportivos
Notas ao Café
Notas Verbais
Nova Floresta

<- O ->
Objectiva 3
Ocasionalidades
Office Lounging
Oito Cinco Oito (858)
Ondas 3
On the Road Again
Opinar para Avançar
A Origem das Espécies

<- P ->
Palavras de Ursa
Pantalassa
A Par e Passo
A Partir de Inglaterra
Passado/Presente
Os Pássaros
Pé de Meia
Pedro Santana Lopes
Penamacor
Penduras
Pensamentos
Pequenos Nadas
O Perdigueiro
O Plagiário
Poeta sem poesia
Poetry Café
Política Maluca
Eu sou o Politicopata
Ponte Europa
Ponto Média
Pornograffiti
Porto das Crônicas
Por Tu Graal
Portugal dos Pequeninos
Do Portugal Profundo
Povo de Bahá
PS Ajuda
PS Belém
PS Lumiar
Publicista
Pura Economia
Puro Arábica

<- Q ->
Quarta República
Quase em Português

<- R ->
RandomBlog02
The Record Keepers
Regi Linda
Relações Internacionais
Respirar o Mesmo Ar
O Restaurador da Independência
Retórica
Retorta
Revisão da Matéria
Rititi
A Rosa
Rua da Judiaria

<- S ->
Santa Terrinha
Saude, SA
Sem Estrada
Setairis
Sinais Tortos
Sobre o Tempo que Passa
Solidariedade e Cidadania
A Sombra da Bananeira
A Sombra do Convento
SOS Acriticismo
Substrato
Suspeitix

<- T ->
Tasquinha
Tempo dos Assassinos
O Tempo das Cerejas
Timshel
Tomar
Tomar Partido 2
Toxana
Tralapraki
31 da Armada

<- U ->
Último Reduto
Ultraperiférico

<- V ->
Vento Sueste
Véu da Ignorância
A Vida Breve
Vida das Coisas
25 centímetros de neve
VoxBlogs Magazine
A Voz do Povo


RIP
<- A ->
Abnegado
Abrir Lisboa
Adufe
Água Lisa (0) (Bota Acima)
Água Lisa (1)
Água Lisa (2)
Água Lisa (3)
Água Lisa (4)
Água Lisa (5)
<- B ->
Barnabé
Blogolento
Bombyx Mori
<- C ->
O Carimbo
Cidadania Europeia
Cidadão Livre
Cidadãos por Lisboa
<- D ->
O Desenvolvimento Sustentável
<- E ->
O Espectro
Estaleiro
<- F ->
Forum Cidade
<- G ->
Guterres 2006
<- J ->
Janela para o Rio
Jaquinzinhos
O Jumento (Blogdrive)
<- M ->
Manuel Alegre Campanha
Manuel Alegre-Alargar a cidadania
Manuel Alegre - O Quadrado
Manuel Alegre(SG-PS)
<- P ->
O País Relativo
O Pastelinho
Penduras (antigo)
Pulo do Lobo
<- S ->
SIM (Portal)
De Socas nos Pés
Super Mário
<- T ->
Ter Voz
Terras do Nunca
Tratado da Constituição Europeia
<- W ->
Westerpart
<- V ->
Victum Sustinere
Viva Espanha
Votaria SIM
Vozeirão Virtual
<- X ->
Xicuembo


Portal do Governo - Programa XVII Governo (PDF)
- Programa Eleitoral PS (PDF)

Presidência da República

Comissão Nacional Eleições . TuCows

C/Net . TuCows

Apdeites . PTbloggers

You Tube . Metacafe

BlogPulse . BlogIceRocket

SNAP . SNAP

Google Search . Dir M Busca

Blog Search . Technorati

UEFA

More blogs about http://tugir.blogspot.com


Jiminy Cricket

Sitemeter Summary Sitemeter Referrals Sitemeter Gráfico Contador (ext) Imagens Webmail Blogger www2 Dicionario




Comunicação Social (Portuguesa)
Jornais
Açoriano Oriental
Antena 1 (P. Rolo Duarte)
A Bola
Correio da Manhã
Democracia Liberal
Destak
Diário dos Açores
Diário de Aveiro
Diário Digital
Diário Económico
Diário de Notícias
Expresso
Fábrica de Conteúdos
O Jogo
Jornal do Fundão
Jornal de Negócios
Jornal de Notícias
Lusa
O Primeiro de Janeiro
O Público
Rádio Clube Português
Rádio Comercial
Record
RTP
Sábado
Sapo XL (ver SIC directo)
SIC
SOL
TSF
TVI
TVNet
Visão
SICn ao vivo
SICn ao vivo


Comunicação Social (Estrangeira)
Jornais
Al Jazeera English
BBC
CNN
Le Figaro
Google News
Guardian Unlimited
Lisbon Times
Le Monde
El Mundo
MSNBC
NASA TV Public Channel
The New York Times
El Pais
Reuters
Time
The Times
USA Today
Veja


Outros WebSites

Ingrid Betancourt
Ingrid Betancourt

Liberdade Sequestrados FARC
Assinaturas Sequestrados FARC
Referências Sequestrados FARC

Stop Executions
Stop executions now

1º Aniversário TUGIR
1º Aniversário
Post Aniversário
Textos Blogs



2º Aniversário TUGIR
2º Aniversário
1º Post Aniversário
2º Post Aniversário
3º Post Aniversário
Textos Blogs



Jorge Sampaio
Comunicação de 2004-07-09
(Sampaio - Comunicação ao País)


Jorge Sampaio
Comunicação de 2005-03-12
(Sampaio - Posse XVII Governo)


Jorge Sampaio
Comunicação de 2004-12-10
(Sampaio - Dissolução AR)


Jorge Sampaio
Comunicação de 2005-07-17
(Sampaio - Posse XVI Governo)


José Sócrates
XV Congresso PS 2006
(Sócrates - Encerramento)


Aníbal Silva
Intervenção de 2006-03-09
(Silva - Tomada de posse)


Internacional

Tony Blair
Intervenção de 2005-06-23
(Blair - Parlamento Europeu)


Tugir em português
Magritte


online
quarta-feira, janeiro 31, 2007
 
seta[0.146/2007]
A Venezuela precisa de um Bolívar

Na Venezuela o poder passa a centrar-se numa só pessoa durante ano e meio. Dentro de 18 meses este acordo volta a renovar-se por outros tantos meses.
Bem precisa o país sul americano de um novo Bolívar, que resgate a Venezuela da miséria e do populismo que a paralisa e prejudica.
CMC

Etiquetas: , ,

10:58:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (3)




 
seta[0.145/2007]
Dúvida

Será que o governante tem noção do que expressa?
Não me parece.
CMC

Etiquetas: ,

10:49:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (4)




 
cartoon Ministro bastonada[0.144/2007]
Casos de campanha

Este post tem uma abordagem "à"FAL. Importa sublinhar.
Eis um assunto pertinente para o futuro dos franceses e para a corrida presidencial.
O que uma moto não faz!
Depois da indumentária de Ségolène, segue-se o episódio da lambreta do filho do Ministro bastonada, que não dispensa um teste de ADN.
CMC

Etiquetas: , ,

6:09:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (2)




 
populistas[0.143/2007]
As máscaras do populismo

O populismo na sua encenação típica.
Quer parecer-me que as autoridades cubanas estão a tentar criar uma imagem que mais dia menos dia tombará. É a lei irreversível da vida.
Ao contrário do que considera o pseudo-biblista-bolivarista, a mudança de regime, em Cuba, está a tornar-se irreversível.
Só se espera que a ilha não regresse ao que era, antes do último dinossauro da Guerra-Fria tombar.
Com estas encenações, procura-se iludir os dias, de que tudo está bem, quando não está.
CMC

Etiquetas: , ,

10:57:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (1)



terça-feira, janeiro 30, 2007
 
Porto de Galinhas


[0.142/2007]
Oi pessoal!

Vim aqui só para dizer que isto está uma grande chatisse.
Água do mar a 28º, temperatura do ar com máxima de 32 e mínima de 24.
Caipirinhas e caipiroskas por todo o lado.
Musiquinha da boa, que até já farta.
Uma tristeza!
Nunca mais acaba a semana para regressar para o frio que tanto gosto e para o trabalho que tanto me ocupa.
Quando der volto cá.
Tchau, que tenho um jantar me esperando no argentino.
LNT

Etiquetas: , , ,

8:57:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (8)




 
cartoon[0.141/2007]
A nossa mais valia europeia

A propósito da deslocação do Primeiro-Ministro à China, fui ao baú para encontrar uma crítica que me lembro de ter feito aos assessores do Chefe de Governo, quando este recebeu em Lisboa o seu homólogo chinês, por esta declaração (corria o mês de Dezembro de 2005).
Nem de propósito, pouco mais de um ano depois, quando o governante luso está em solo chinês, o Presidente da República Popular encontra-se em África.
Esta deve ser das poucas viagens externas em que não fazemos uso e referência da nossa posição de Estado lusófono, dado o facto da China estar, e há muito, estabelecida, e paulatinamente se consolida e aumenta a sua influência nos países da CPLP, nomeadamente em África.
Por outro lado, temos a grande vantagem de sermos um velho aliado e amigo da China, e com quem este gigante asiático tem das melhores e mais fiáveis relações na Europa.
No campo bilateral, a nossa mais valia, hoje, com a grande potência emergente asiática, é a nossa dimensão europeia e o papel que podemos desempenhar nas mediações entre UE e China.
Oxalá saibamos tirar partido desta relação privilegiada.
CMC

Etiquetas: , ,

8:39:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
FARC[0.140/2007]
Os pseudo-libertadores

O Tiago proporciona, no Kontratempos, mais uma pérola do auto-denominado exército de libertação.
Como a notícia indica: A guerrilha colombiana das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) deu oito meses às famílias de seus sequestrados para que paguem o resgate, e, em caso contrário, ameaçou assassiná-los ao término desse prazo. Os senhores não brincam em serviço. Isto já - quase - todos sabíamos.
Como se prova, pela declaração das FARC, o seu interesse é derrubar o imperialismo... e, no entanto, ameaçam e exturquem inocentes.
Com libertadores assim, quem precisa de inimigos para destruir o seu país?
Por cá, até quando o PCP vai continuar a apoiar esta guerrilha que mais não faz do que espalhar e promover o terror?
Será que ainda há quem tenha dúvidas na Soeiro Pereira Gomes do que estes guerrilheiros fazem? Ou será que o PCP apoia incondicionalmente os actos destes terroristas?
CMC

Etiquetas: , ,

8:01:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (3)




 
Ségolène
[0.139/2007]
O reconhecimento da qualidade socialista

Uma forma educada - vá lá! - do Ministro Bastonada reconhecer que o melhor para a França é Ségolène!
CMC

Etiquetas: , ,

6:09:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
SIM[0.138/2007]
Aos defensores do Não

Que tantas vezes referem o caso espanhol como um dos maus exemplos. Pois bem, na última década, a natalidade, na Catalunha, em idades que muitos não consideram desejáveis, subiu.
SIM pela Dignidade pela Vida Humana.
CMC

Etiquetas: , ,

4:52:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (1)




 
CML[0.137/2007]
Por onde anda a frontalidade?

O que motiva o senhor Presidente e as senhoras e senhores Vereadores da CML de todas as forças políticas, para manter tudo como está, que é como quem diz, continuar a deixar progredir o descalabro?
Será preferível manter esta podridão política, que se arrasta e agrava de dia para dia, ou preferirão os partidos apresentar as suas propostas e deixar os lisboetas escolher?
CMC

Etiquetas: , ,

12:44:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (2)




 
estação de Metro[0.136/2007]
Dos Direitos e dos interesses

Quem anda regularmente de Metro, em Lisboa, sabe como as diversas greves que ocorreram nos últimos meses têm prejudicado a cidade e as pessoas que circulam na Área Metropolitana.
Há quem veja na greve a legitimidade dos trabalhadores e esta deve ser respeitada. Como é óbvio, num Estado de Direito Democrático.
Todavia, a fronteira entre Direitos laborais e interesses corporativos não pode ser diluída.
O que se tem passado nestes últimos tempos tem sido lamentável, pois os Direitos laborais não estão a ser defendidos, mas sim os interesses corporativos.
Parece que o Conselho de Administração do Metro cedeu às pretensões dos trabalhadores, evitando, deste modo, mais paragens que deixem a capital num caos intransitável.
Porém, a manutenção de certas regalias, como este texto, vindo do Alentejo muito bem demonstra, não serve ninguém, excepto os próprios interessados.
O Metro é contribuinte de um dos maiores défices do país, mas os funcionários desta empresa parecem estar pouco sensíveis a esta realidade. Enquanto uns, muitos, fazem sacrifícios, outros beneficiam, sem qualquer contributo.
Disciplinar as contas não pode ser uma obsessão, como alguns defendiam num passado recente, mas um princípio elementar, de respeito por todos aqueles que contribuem.
Os interesses instalados não podem continuar a vigorar. É de elementar Justiça Social.
CMC

Etiquetas: ,

11:01:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (2)




 
Referendo IVG[0.135/2007]
Amanhã à noite

Despenalização em debate em Campo de Ourique na "Padaria do Povo"

Cientes da importância do esclarecimento público para uma ampla participação dos cidadãos no próximo referendo nacional convidamos a estar presente numa sessão de esclarecimento pública, dia 31 de Janeiro (4ªFeira) pelas 21h00, em Campo de Ourique, nas instalações da Cooperativa "A Padaria do Povo".

Os oradores convidados são:
- Professor Doutor Miguel Oliveira e Silva , médico obstetra, professor universitário na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, membro da Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida;
- Dr.ª Ana Catarina Mendonça , advogada, deputada, em representação do Movimento Cidadania e Responsabilidade pelo Sim (mandatária).

A organização é da responsabilidade de um grupo de militantes do Partido Socialista, moradores em Campo de Ourique.
Localização: Cooperativa "A Padaria do Povo" - Rua Luís Derouet, 20 / 20F 1250-153 LISBOA

(Via Abjurado)

SIM pela Dignidade da Vida Humana!
CMC

Etiquetas: , ,

10:35:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (1)



segunda-feira, janeiro 29, 2007
 
CML[0.134/2007]
Só há uma solução para Lisboa

Mais uma trapalhada, para juntar ao rol enorme que Lisboa já conta de erros.
Senhor Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, se tem amor à cidade, faça-lhe um favor, demita-se, antes que esta agonia, lenta e corrosiva, se torne num estertor mais doloroso e irrecuperável a médio prazo.
CMC

Etiquetas: , ,

8:42:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Paços do Concelho[0.133/2007]
Lisboa precisa de renascer II

Bruno Cordeiro, num comentário mais abaixo, sobre a herança do PS em Lisboa, pede licença para interromper o unanimismo que considera existir em torno da avaliação positiva que se faz da obra socialista na capital do país.
Caro Bruno, pode, e deve, interromper as vezes que quiser e entender.
Quanto ao conteúdo do seu comentário, quero destacar a sua abordagem, de que em Lisboa pouco se fez nos mandatos liderados pelo PS e, por comparação, considera que se fez mais nestes últimos cinco anos.
Pois bem, Caro Bruno, ainda bem que dá por adquirido o existente na cidade, como se o concelho já estivesse dotado do muito que hoje, felizmente, damos por alcançado.
Em infra-estruturas e dinamismo cultural, a grande obra, por sinal, apareceu nos mandatos de João Soares, então como Vereador da Cultura. Nestes últimos anos, em Lisboa, a Cultura apenas vive de projectos para as calendas. A Acção Social, hoje com tão pouco protagonismo e relevância na autarquia, ganhou estatuto cimeiro e efectivou-se com a liderança de Jorge Sampaio e João Soares, dada a realidade social da cidade. Que as já pouco recordadas, ainda bem!, cheias, no Inverno, em Alcântara e na 24 de Julho, tenham terminado nesses mandatos, não podem ser omitidas. Justiça se faça ao trabalho meritório do então Vereador comunista Rui Godinho, em especial com a mudança de colectores que permitiu acabar com as catástrofes que todos os anos, no período do Inverno, afectavam Lisboa, bem como o trabalho que desenvolveu no pelouro do Ambiente e Espaços Verdes. Como a limpeza da cidade desse tempo já nos parece uma miragem, tal o estado de sujidade que temos em Lisboa.
Que o Desporto tinha Rossiodinâmica, e nestes cinco anos desapareceu. Da Juventude, com vários projectos, tenha nestes últimos cinco anos mirrado. Do Turismo, que cresceu quantitativa e qualitativa na década de 90, e agora encontra-se em velocidade cruzeiro. Ao menos isso! Pelo menos não desfizeram o trabalho feito.
Do projecto do corredor verde que estava a ser desenvolvido pelo Arquitecto Gonçalo Ribeiro Telles para a cidade, da Avenida a Monsanto, por impulso da liderança de João Soares, e que estes cinco anos despejaram sem qualquer razão.
Ainda bem que o Bruno, e todos nós, lisboetas, nos damos conta de que tudo isto já existe na cidade de Lisboa e existe pelo trabalho desenvolvido na década de 90. Pena Ribeiro Telles não ter completado a obra que estava a realizar.
Não nos esqueçamos, também, da cidade que se pensou e projectou, com a liderança de Jorge Sampaio, e que, já no início de 90, o túnel do Marquês fora considerado pouco adequado. No entanto, a liderança laranja, desde 2002, preferiu construir um buraco, que hoje entope o coração da cidade.
Por outro lado, refere que houve obra com a erradicação das barracas. A forma leviana como destaca esta mudança profunda, hoje, até é fácil de fazer. Como se fosse fácil acabar com os cancros de barracas. Mas, se nos lembrarmos do que havia e do que há, que diferença abissal! Qualquer pessoa, conhecedora da cidade, reconhece isto.
Quanto aos problemas que surgiram, com os novos bairros, já que diz ter memória, recorde-se, Bruno, de quem assumiu a liderança da Câmara em 2002 e o que fez a todo o trabalho social que a Câmara tinha estruturado nos diversos bairros de realojamento. Tudo desprezado, deixando as conquistas alcançadas num autêntico lamaçal, daí a sua indignação, como a minha e a de muitos lisboetas pelo estado em que a cidade se encontra.
Refere que nestes cinco anos se requalificou Lisboa. A requalificação mais evidente foi no mandato anterior, com uma série de cartazes a anunciar a requalificação... inexistente.
Apelo, uma vez mais, à sua memória. Lembra-se de em quanto tempo o Parque Mayer seria recuperado? Eu recordo-me. Disse o candidato, depois-alcaide-eleito-e-depois-ainda-Primeiro-Ministro, que em oito meses o Parque Mayer estaria como novo.Sé
Hoje, Lisboa já gastou mais de dois milhões de euros no Parque Mayer e este continua a degradar-se. Já passaram cinco anos!
Em termos de requalificação, aponta o Bruno, fez-se muito. Por onde? Pela Baixa? Tirando a operação de cosmética da Rua da Madalena, esta artéria e todas as outras da Baixa continuam por recuperar.
Manifestei entusiasmo, em tempo oportuno, neste blogue, pelo projecto da Vereadora do CDS. Bem ou mal, com virtudes ou defeitos, era um ponto de partida.
A Baixa precisa de ser encarada e precisa de ser recuperada. O que fez esta maioria a um dos projectos mais cruciais para o futuro de Lisboa? Engavetou-o, continuando, deste modo, a Baixa à sua mercê, que é como quem diz, a permitir a degradação.
Fala nos espaços da Alta de Lisboa. Ainda bem que o faz, pois recorde-se, então, de quem lançou o projecto de qualificar parte esta da cidade, designadamente parte da freguesia do Lumiar e uma grande área das freguesias da Ameixoeira e da Charneca.
Quanto ao estado de Telheiras, Campolide, Sete Rios e Olivais que fala, passe por estes locais e veja o que se passa. Será que é João Soares que anda a licenciar a construção em Telheiras ou, por exemplo, no Parque das Nações?
Em questões partidárias, nunca viu o PS, quando liderou a cidade, com os mesmos tiques e métodos desta maioria laranja, onde a autarquia serve para facções disputarem a liderança nacional do partido. Na Câmara trabalha-se para a cidade, não para o partido.
Nunca viu notícias de um Secretário-Geral do PS dizer ao Presidente da Câmara socialista o que devia fazer ou não em matéria de nomeações, como sucedeu recentemente no caso da SRU.
Se tem memória, como diz ter, facilmente constata, como qualquer lisboeta, que em cinco anos, andou-se muito para trás, como nunca se tinha imaginado.
Lisboa precisa de renascer!
CMC

Etiquetas: , ,

4:25:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (2)




 
Ahren e Blair[0.132/2007]
Momento histórico

Ontem, na Irlanda, deu-se mais um passo no sentido de estabilizar e consolidar a paz na Irlanda do Norte, entre católicos e protestantes.
O momento é histórico, pois pela primeira vez, o Sinn Fein, braço político do IRA, reunido em congresso, deliberou reconhecer a polícia do Ulster.
O passo para a autonomia está mais perto e importa reconhecer, depois de décadas manchadas de sangue, graças ao empenho do Governo britânico e irlandês, há vários anos que a porta da oportunidade se abriu para um dos territórios mais instáveis da Europa.
Dez anos depois, e a pouco tempo de sair, este é um dos grandes sucessos políticos de Blair, que pode sair do seu cargo com missão cumprida.
A Blair se deve esta nova e promissora fase.
Felizmente, longe vão os tempos da governação conservadora, quando a Irlanda do Norte era uma traseira desprezível, com nítidos e graves custos humanos, tanto para irlandeses como para britânicos.
Obviamente, não se pode esquecer o papel determinante de Mo Mowlam, a malograda secretária do Gabinete britânico para a Irlanda do Norte, que muito contribuiu para alcançar as pontes indispensáveis dos lados em contenda.
CMC

Etiquetas: , , ,

1:04:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
SIM[0.131/2007]
Elevação do debate

Gostei de saber que ontem, na marcha do Não, que atravessou parte da cidade, um grupo de nacionalistas não foi colhido com agrado.
Pelo que o DN informa hoje, os senhores traziam faixas em que expunham: ""Mesmo nos piores casos votamos não" e pequenos cartazes com os nomes de Sócrates, Soares, Pedroso, Louçã, Ana Drago ou Odete Santos - "Os piores seres que a sociedade política tem"", segundo o líder do partido radical disse ao jornal.
A mensagem, além de hipócrita e cínica, não eleva o debate e mostra, premeditadamente, a falta de tolerância destes senhores, ainda que, sob uma máscara de respeito, digam que são tolerantes.
A campanha, seja pelo SIM ou pelo Não, merece elevação.
Elementos como estes, radicais e pouco dignos, de ambos os lados, prestariam um melhor serviço à sociedade, se guardassem para si o ódio visceral que os motiva. As suas propostas não procuram melhorar a sociedade, mas sim afundá-la.
A Democracia tem regras e estas devem ser preservadas. Como advogou o liberal Popper, a Democracia precisa de ser defendida.
Quanto à IVG, à qual digo SIM, faço minhas as palavras responsáveis e coerentes do Walter.
CMC
P.S.- Eu meu nome, e no do Luís, agradeço a todos os que nos felicitaram pelo terceiro aniversário do TUGIR. São momentos como estes que também nos continuam a dar alento para continuar a escrever.
P.S.II- Cara Isabel, gostei muito de ouvir a sua entrevista.

Etiquetas: , ,

11:51:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (1)



sábado, janeiro 27, 2007
 
Magritte[0.130/2007]
O sentido de blogar

Sem pressas, porque é preciso que outras coisas se façam, porque é necessário consolidar outras componentes da vida, porque vos vamos lendo e comentando em letra ou pensamento, porque muitas vezes é importante gerir os silêncios.
O livro está aberto e as páginas em branco de que foi feito aguardam caligrafia cuidada.


Foram estas as primeiras palavras escritas neste blogue, que nunca deixou de ter em vista, por um só momento, a arte ímpar de Magritte.
Parece que foi ontem, mas faz amanhã três anos que abrimos este blogue.
O tempo passa e damos por nós com mais de 5 mil posts escritos, ao longo de mais de mil dias.
Posts longos e curtos. Escritos controversos, escritos consensuais e, outros escritos ainda, sem grande sentido.
Cada ano que passa, sabemos que saímos mais ricos pessoalmente deste universo... a grande recompensa para as várias horas, e não são poucas, que passamos a TUGIR.
Às pessoas amigas que temos e aqui aparecem, às pessoas amigas que por aqui fomos fazendo, às pessoas que costumam passar regularmente por aqui, só temos a agradecer, o estímulo diário, de nos continuarem a dar sentido à saudável, ainda que por vezes árdua, dedicação de manter este blogue.
Sem vós, não haveria muito sentido continuar por aqui... para nós,
LNT & CMC

Etiquetas: ,

12:23:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (30)



sexta-feira, janeiro 26, 2007
 
Porto de Galinhas[0.129/2007]
Adeus mãezinha, vou partir

Não já, que isto é como a estória da Rute que agora se multiplica entre a chinela e o cadafalso.
Primeiro ainda tenho que fazer.
Amanhã será dia de despedidas e do jantar na Quinta dos Gafanhotos na companhia de muitos Alegres, Mics e não Mics como eu, em encontro para matar saudades e recordar que há sempre uma forma de dizer basta.
Depois pelo fresco da manhã seguinte, ala, que se faz tarde.
Fica bem CMC, aos comandos deste bólide.
Se o engenho e a arte o permitirem (e havendo tempo para isso) venho cá dar novidades, agora que já migrei esta traquitana tugirenta para o Blogger da Web02.
Até para a outra semana e não se zanguem que não estarei cá para por mais gasolina no fogo.

Música (Som do Tugir em português)

LNT

Etiquetas: , , , ,

11:59:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (6)




 
candidatos presidenciais[0.128/2007]
A candidata frontal e o(s) seguidor(es) dos seus passos

Sarkozy, que ainda é ministro do interior, isto é, que faz parte do governo, foi ver os independentistas, certamente falaram da independência do Quebec, sendo ele membro do governo, o que quer isto dizer? Quer dizer que o governo de Villepein é pro-independentista? Quer dizer que Sarkozy como Ségolène são pro-independentistas? Certamente Sarkozy não foi falar de tricot com os independesntistas... Porque não o atacaram também? Porque é que o encontro de Sarko com os independentistas não fez manchete dos jornais?
O que se passa, penso eu, é que agora vale tudo para desestabilizar a candidata socialista. Os Sarkozistas, sulcam todos os passos de "Sego", vasculham palavra a palavra o seu discurso e têm todo um sistema de organização só para esse serviço. Neste momento estão a ver se "Sego" perde as estribeiras. Sendo assim provavelmente dirão: era de se esperar é uma mulher? Bof!
Não sei como é que um "ditozinho" [Ségolène defendeu publicamente a independência do Quebeque] destes pode ter tido tanto impacto, tendo em conta as vezes que Estados do Norte se ingerem, sem cerimónias, nas políticas dos Estados do Sul. Tenho impressão que se "Sego" fosse fazer a mesma afirmação (com as devidas contextualizações), no Senegal ninguém se preocuparia!
Entretanto o facto de "Sarko" utilizar o aparelho de Estado para inquirir sobre a vida de familiares de "Sego" parece não incomodar alguém! Mas, esta aí um verdadeiros problema...

Cara Paula,
O seu comentário - que se apresenta parte substancial - diz muito.
Em França, só a candidata socialista à presidência tem apresentado propostas e fá-lo de modo frontal.
Do lado da UMP, há, pelos vistos, apenas a preocupação de seguir os passos de Ségolène.
A campanha ainda agora só vai no adro.
CMC

Etiquetas: , ,

5:28:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (3)




 
Elevador da Bica[0.127/2007]
Lisboa precisa de renascer

Caro Rui,
Qualquer lisboeta sabe que a cidade há cinco anos que tem andado para trás.
A (des)governação foi patente com o edil eleito em 2001, e tivemos quatro anos de episódios recambolescos. Muita parra sem uva.
Desde o caso do Parque Mayer e dos milhões gastos sem retorno para a cidade, que se arrasta; da Feira Popular, que desapareceu e nunca mais se lhe encontra rasto; do Pavilhão Carlos Lopes, que se degrada; do projecto verde, que desapareceu e não há mínimo vestígio; do trabalho social, que definha; da limpeza urbana, que se degrada; da Educação, que se adia; da Cultura, que se anuncia para as calendas; sem esquecer o buraco construído no centro da cidade, com o famigerado Túnel do Marquês e que em vez de melhorar a circulação da cidade só a tem entupido... há anos!
Lisboa não se tem adiado, não tem andado à deriva, tem recuado.
Goste-se ou não das personalidades, mas a gestão municipal, primeiro de Jorge Sampaio e depois de João Soares, deu à cidade o salto quantitativo e, principalmente, qualitativo que Lisboa precisava e merecia. Isso é inquestionável. Lisboa melhorou e muito.
Recordo que o principal compromisso de João Soares, assumido com a cidade em 1997, de erradicar os vários cancros de barracas que minavam o concelho em vários locais, foi cumprido na totalidade, contra muitas expectativas, que auguravam que o Casal Ventoso ou a Musgueira, como as conhecíamos, nunca deixariam de ser o que eram.Rossio
Entre 1997 e 2001, fruto de um trabalho consistente e devidamente preparado, a cidade mudou de cara e, mais do que a mudança de face, mudou de Alma, como já estava a mudar desde 1990, tornando-se um concelho mais digno e promotor de coesão social.
Todo este árduo, mas necessário trabalho, de 12 bons e frutíferos anos, foi deitado por água abaixo em cinco anos. Onde havia projectos e directrizes para o futuro, passou a haver gestão sem rumo, sem projecto, sem visão para a Lisboa do século XXI.
Eram vários os autarcas e autarquias que encontravam na gestão de Lisboa um exemplo de governação para mudar as diversas realidades concelhias.
Mas, desde 2002, primeiro, a cidade foi servida por quem se orientava pelos gostos pessoais. Ora um dia dizia A, no dia seguinte o seu contrário e noutro momento o seu inverso. Depois, em 2005, os lisboetas escolheram, e muitos pensavam que um técnico seria o melhor para disciplinar a cidade, depois de quatro lamentáveis anos.
Um ano depois, já se percebeu que o técnico não tem competências políticas para liderar a cidade, que não reúne uma equipa qualificada, e, por isso, a desgraça em que nos encontramos e os episódios que a todos entristecem, com a guerra de poleiros internos do PPD, projectada na Câmara de Lisboa, que existe para servir a cidade e os munícipes, não as secções do partido.
O PS, caro Rui, tem obra e património na cidade, que todos conhecem e de que todos os socialistas devem ter orgulho.
O PS tem pessoas qualificadas para liderar um projecto que coloque Lisboa na rota do que vinha a ser seguido até 2001. Até conta com a pessoa que vinha a ser, e bem, protagonista desse qualificado projecto, interrompido há cinco anos, e de quem muitos lisboetas nutrem saudades, como, amiúde, tenho ouvido.
CMC

Etiquetas: , ,

12:30:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (3)




 
lixo[0.126/2007]
Respeitar e ser respeitado

Leio o DN e espanto-me com uma notícia relativa ao referendo sobre a IVG que o jornal expõe.
De acordo com a notícia, relativa a um blogue do Não à despenalização do IVG, a jornalista cita uma deputada do BE, espantando-se esta por pessoas moderadas como Francisco Sarsfield Cabral, a quem escreveu uma carta aberta, participarem no mesmo blogue que Pedro Guedes; o bloguer do Último Reduto, que a deputada bloquista considera nazi.
Há vários anos que ando nestas lides da blogosfera e, portanto, há vários anos que leio o que Pedro Guedes escreve.
Não o conheço pessoalmente, mas estabeleci com o Pedro, neste universo blogosférico, uma relação cordial.
Não são raras as vezes que entabulamos diálogos, expondo cada um de nós o seu ponto de vista. Que me recorde, nunca concordámos um com o outro, todavia, respeitamos a leitura de cada um.
Sei o que o Pedro pensa e quais as lentes com que mira o país e o mundo, pelo que apresenta no Último Reduto, e são totalmente distintas das minhas. E, neste ponto, quero destacar, que em momento algum li no Último Reduto qualquer defesa ou elogio ao III Reich.
Considero de muito mau tom acusar seja quem for de ser nazi, quando nem se detectam sinais de qualquer simpatia pelo regime totalitário e abjecto do século XX.
Espero que a campanha do referendo seja elevada e sejam respeitados os pontos de vista de cada um, simpatize-se ou não com eles. Para isso, não se devem assumir acusações banais e levianas, e, muito menos, acusações que denigram a integridade pessoal e intelectual de cada cidadão. O respeito é uma das regras mais elementares e fundamentais para uma campanha que se quer esclarecida e pedagógica.
Sei que o Pedro continuará a defender o Não e eu vou continuar a apelar ao SIM à despenalização da IVG, por considerar que a Mulher deve ser respeitada, principamente por uma questão HUMANA.
Quanto ao Pedro, certamente que depois do referendo de 11 de Fevereiro, deveremos ter algumas boas trocas de palavras acerca das presidenciais francesas.
Elevação e respeito requerem-se!
CMC

Etiquetas: , , ,

11:35:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (2)




 
António Novaes Tito[0.125/2007]
Quase a ir

Cada grão de areia que pisarei, António, será a milésima grama do chumbo assassino que te tocou.
Vou dividido, entre o passado e o futuro, aonde jurei nunca ir e quero, tenho de ser portador, devo-te António, do brilho nos olhos com que te vi partir.

Voltarei mais limpo, assim Iemanjá, mãe de todos os Orixás queira.
Pede-lhe que assim seja.


Música (Som do Tugir em português)

The long and winding road / That leads to your door
Will never disappear / I've seen that road before
It always leads me here / Leads me to your door

The wild and windy night / That the rain washed away
Has left a pool of tears / Crying for the day
Why leave me standing here / Let me know the way

Many times I've been alone, many times I've cried
Anyway you'll never know, the many ways I've tried

But still they lead me back / To the long, winding road
You left me standing here / A long, long time ago
Don't leave me waiting here / Lead me to your door

Still they lead me back / To the long winding road
You left me standing here / A long, long time ago
Don't leave me waiting here / Lead me to your door


Luís

Etiquetas: , ,

1:09:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (4)



quinta-feira, janeiro 25, 2007
 
SIM PS[0.124/2007]
Sessão de debate
Sábado, 27 de Janeiro de 2007

Lisboa, Forum Lisboa (antigo Cinema Roma)
SESSÃO PÚBLICA

16.00h - Recepção dos participantes
16.15h - Sessão de Abertura
................ Jesuína Ribeiro - Presidente do DFMS da FAUL
................ Ana Paula Vitorino - Secretária Nacional do Partido Socialista

16.45h - Intervenções
................ Celeste Correia - Deputada AR, dirigente nacional do Partido Socialista, Movimento pelo SIM
................ Fernanda Câncio - Jornalista, Movimento Cidadania e Responsabilidade pelo SIM
................ João Tiago Silveira - Dirigente nacional do Partido Socialista
................ Maria de Belém Roseira - Deputada AR, dirigente nacional do Partido Socialista, Movimento Cidadania e Responsabilidade pelo SIM
................ Pedro Nuno Santos - Deputado AR, Secretário-Geral da JS, Movimento Jovens pelo SIM
................ Vasco Freire - Médico, Movimento Médicos pela Escolha

18.30h - Sessão de Encerramento
................ Miguel Coelho - Presidente da Concelhia de Lisboa do PS

SIM à despenalização da IVG, pela Dignidade da Vida Humana.
LNT & CMC

Etiquetas: , ,

6:05:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (2)




 
setas[0.123/2007]
A cidade que o PPD não conhece

Afastando por completo a hipótese da realização de eleições intercalares por considerar que "se criaria uma instabilidade que apenas prejudicaria a cidade", Azevedo Soares assegurou que o partido irá continuar a apoiar a equipa eleita. "O PSD não vai deixar de alterar a sua posição só porque uma vereadora tem um problema", sublinhou, numa referência à vereadora do Urbanismo, Gabriela Seara, constituída arguida no âmbito das investigações da Polícia Judiciária ao processo da permuta de terrenos do Parque Mayer e da Feira Popular.

Para a direcção nacional do PPD, em Lisboa, só há um problema com uma Vereadora e convocar eleições seria um acto de instabilidade e prejudicaria a cidade.
Não sei por que locais do país o Vice-Presidente laranja e restante direcção partidária têm andado, mas por Lisboa, de certeza que não têm passado.
Não há, só, um problema com uma Vereadora.
Há muitos problemas, pois a cidade há muito que está instável e há muito que está a ser prejudicada.
Não ficaria nada mal à direcção laranja reconhecer o erro, da equipa, do projecto que apoiaram, como este ano e pouco de (des)governação infelizmente prova e está à vista de todos.
Ao adiar uma solução para a capital do país, que será assumida pelos lisboetas, o PPD apenas demonstra que não está atento ao que se passa em Lisboa. É pena.
CMC

Etiquetas: , ,

5:23:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (1)




 
Borboleta[0.122/2007]
As asas da borboleta

O Presidente da República terá afirmado na visita que recentemente fez à Índia qualquer coisa do tipo - ser fácil tratar de interesses comuns com a Índia por ela ser uma democracia - o que, segundo alguns atentos observadores, mereceu a imediata resposta do gigante asiático não democrático, com o cancelamento da viagem programada do Primeiro-Ministro Português, evocando dificuldades de agenda da presidência chinesa.

Afinal, sabe-se agora que, não só a viagem se irá realizar para a semana que vem, como as autoridades chinesas irão «enriquecer o conteúdo» do Acordo de Parceria Estratégica Portugal/China assinado em 2005, o que faz prever que, para gáudio de José Lello, o próximo Congresso do PS venha a ter uma delegação chinesa de ainda maior importância.

Faço votos para que o enriquecimento referido passe pela inclusão dos dossiers dos Direitos Humanos, nomeadamente os que dizem respeito aos direitos das crianças e às liberdades, direitos e garantias dos cidadãos.
LNT

Etiquetas: ,

1:12:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Sérvia[0.121/2007]
Ainda o Kosovo

Caro Pedro,
Os tempos futuros nos dirão, mas duvido que a República de Sprska, com a sua veia sérvia saliente, se esfume.
Quanto ao Kosovo, veremos o que o ex-Presidente finlandês, emissário da ONU no Kosovo, apresentará no próximo dia 2 de Fevereiro.
Pelo que se sabe, a proposta de independência estará em cima da mesa. E, mesmo não o exibindo de forma explícita, há quem queira humilhar a Sérvia, caso contrário qual o sentido de independência para uma região que nem autosustentável é?
Quanto ao comentário da Margarida, não sei se a nossa estimada comentarista quer que qualifique Milosevic, referindo-o como defensor dos Direitos Humanos?
Que a Margarida tenha simpatias por Kaganovich, seus métodos e práticas, é um apreço seu. Agora reescrever a História, isso seria intelectualmente desonesto.

Caro Miguel,
Se os kosovares (que denominação, no sentido estrito como se pretende expressar é falaciosa, pois kosovar é sérvio, como o alentejano ou o minhoto são portugueses) já "estão habituados" a uma larga autonomia, porquê a independência? Que a ONU tem de ficar no terreno por mais uns bons anos, isso será desejável, por uma questão de estabilidade. Independência? Não se deve atiçar o nacionalismo, onde ele sempre esteve bem vivo e cru.
CMC

Etiquetas: , ,

12:35:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (2)




 
botão lixo[0.120/2007]
Antes que a cidade se afunde

Há tempos, considerava a gestão municipal de Lisboa um barco à deriva. Infelizmente, os tempos presentes mostram que se trata de um Titanic.
Já era tempo dos munícipes pronunciarem-se, pois a situação actual ultrapassou todos os limites e não sabemos onde vai parar a cidade.
CMC

Etiquetas: , ,

11:40:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (2)




 
Olho[0.119/2007]
Será ficção? [ II ]

O caso Rute Monteiro continua a suscitar controvérsia amplamente referenciada nos Blogs.

Este enredo de contornos pouco claros apresentado por Olavo Aragão volta à ordem do dia por, em Post de ontem no Blog Freelance, divulgar um chocante vídeo mudo que, desde já aviso, contém imagens susceptíveis de afligir pessoas mais sensíveis.

Através do You Tube consegui recolher informação sobre o filme que indica a sua proveniência do Líbano e a autoria (ou disponibilização) de um tal Luís Castro.

Uma vez mais alerto para o facto da imagem disponibilizada conter cenas não aconselháveis a blogueiros hipersensíveis.

Continuaremos a acompanhar o caso Rute Monteiro na sequência dos nossos anteriores textos:
Será ficção? [ I ] (LNT); Por saber (CMC); O que separa a Blogos da Comunicação Social (LNT).
LNT

Etiquetas: , ,

1:52:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (2)




 
Condecoração Oliveira Marques[0.118/2007]
Oliveira Marques

Quem sou eu para falar de Oliveira Marques e do seu percurso?
José Adelino Maltez já disse o que havia para dizer.
LNT
Página Pessoal

Etiquetas: ,

12:24:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (1)



quarta-feira, janeiro 24, 2007
 
Recycle Bin[0.117/2007]
Recycle Bin

Pela primeira vez desde que escrevo neste Blog estou a fazer um Post contra a minha vontade.
Por princípio não menciono nem ligo o que me repugna mas desta, porque Vital Moreira referiu um link para um texto de um jornal que eu pensava extinto O Semanário, e porque é mais uma demonstração do estado de lixo a que chegou alguma comunicação social portuguesa, aqui fica, com a nota expressa de que se trata de um artigo não assinado.
Gostava de saber o que o nosso vizinho do French Kissing' tem a dizer agora sobre os códigos e os gatekeepers que referiu no último Clube de Jornalistas.
LNT
Agradeço o alerta da Odete Pinto

Etiquetas: ,

8:49:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (3)




 
Sim[0.116/2007]
Claro que SIM

Anda para aí uma discussão forte sobre se a coisa é um novelo de células ou se já é um ser humano. Argumenta-se com tudo, considera-se tudo, desde os elefantes em gestação até às abelhinhas no pólen e, tirando muito poucos, raros são os que advogam que as abortadeiras devem ser detidas, julgadas, condenadas e presas, que é a matéria que deveria estar em debate, porque é a que se vai referendar.
Sim
Sou claramente a favor de que essas mulheres não devem ser discriminadas. Volto a dizer, como já o fiz anteriormente, não me parecer aceitável que, nem uma só mulher que seja, passe a ter na sua Certidão de Registo Criminal (ainda que em desuso) qualquer marca que indique ter decidido fazer um aborto até às dez semanas, ainda que tal a não tenha feito cumprir pena.

Por isso votarei SIM e mesmo tendo de me ausentar do País consegui orientar as coisas para que no dia 11, já regressado, possa exercer essa minha clara determinação.

O argumento mais estúpido que tenho lido/ouvido é o que se prende com a vontade divina na determinação da natalidade. É verdade que os actos sexuais podem ser divinos, mas nem sempre geram coisa alguma. Aliás, como se sabe, muitos deles nem poderiam gerar, por não serem realizados entre géneros diferentes e mesmo os que o são, por não utilizarem os órgãos apropriados para a reprodução. Por isso, quer-me parecer que por muito celestial que um orgasmo seja, anda longe, muito longe, de ser regulado por doutrina ou ciência teológica.
O segundo argumento na escala do absurdo prende-se com a temática de que os homens, por não lhes ser dado abortar, deveriam abster-se da pronúncia sobre o assunto. Aqui, são falsos logo à partida, bastando entender que por esse mundo fora há laboratórios onde homens promovem a fecundação artificial e acabam por deitar fora o conteúdo da proveta já com as células desenvolvidas. Estarão, ou não, a fazer um aborto?

Perguntam-me a razão das dez semanas.
Confesso a minha ignorância sobre o assunto. Pouco mais sei do que aquilo que estudei, no tempo de estudante, em Ciências Naturais, e do muito que sobre a matéria li, posteriormente. No entanto aceito as dez semanas como o período máximo para racionalização e para dela tirar as conclusões necessárias ao projecto de vida próprio e dos que nos procedem.

O aborto não é desejável e não o considero como prática comum.
É um recurso último devido a nem tudo controlarmos à partida e porque há razões que a nossa condição de seres racionais não permite deixar ao acaso.
É o que penso, sendo duas vezes pai de filhas que desejei e que amo profundamente.
LNT

Etiquetas: , ,

1:38:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (21)




 
capa livro[0.115/2007]
Complexidades

Caro Miguel,
Não podemos isolar o caso kosovar da realidade europeia. A sua afirmação: haverá coisa mais "destabiliziadora" do que tentar exercer soberania sobre uma população que não a aceita e já habituada a se ter "libertado" desse soberano - pode ser aplicada noutras partes do Velho Continente. Desde aqui ao lado, na vizinha Espanha, passando pelo Reino Unido e chegando ao Cáucaso. Por esta ordem de ideias, poderíamos chegar ao ponto de concebermos uma mapa europeu, no século XXI, próximo das fronteiras anteriores a Vestefália. Ou seja, um vasto conjunto de pequenos Estados.
A atitude da Comunidade Internacional tem sido de cercear ao máximo a Sérvia. Primeiro, com a independência do Montenegro, agora com a proposta de independência do Kosovo. Do mesmo modo que não nos podemos esquecer do déspota que comandou a Jugoslávia pós Tito, um sérvio que submeteu os demais povos jugoslavos à barbárie, não nos devemos esquecer que o Marechal, tanto apreciado pelo Ocidente, por se distanciar de Moscovo, também não foi menos suave, sobretudo com os sérvios, no período em que governou.
Quanto aos kosovar-albaneses, importa ter em conta as suas legítimas e naturais aspirações. Daí a transformá-las nas únicas no caso kosovar, sem ter em conta as sérvias, parece-me muito pouco digno, para não expressar: injusto.
A sérvia não pode ser só compreendida e tomada por Milosevic. Há mais, muito mais Sérvia para além deste bárbaro.
Todavia, a Comunidade Internacional está, sem querer (?), a instigar os sérvios a encontrar no tirano um mártir. Isso estão e vencedor de domingo não o é por acaso.
O seu último parágrafo: Finalmente, caso se consume uma independência do Kosovo, a ONU deve assegurar o direito à auto-determinação e à reunificação com a Sérvia dos territórios de maioria sérvia, nomeadamente o que são geograficamente contíguos a esta - do meu ponto de vista, não tem muita pertinência. Está de acordo com a sua leitura, e nisto o Miguel é coerente com a sua interpretação. Mas, note-se, tal como o Kosovo se pode tornar independente, a República da Sprska, na Bósnia, também poderia tornar-se, ou melhor, passar a fazer parte do território do Estado sérvio. Segundo a sua interpretação. Porém, essa solução provocaria, com toda a probabilidade, mais instabilidade na mais do que espartilhada Bósnia Herzegovina, pois a população croata da Bósnia apelaria no mesmo sentido da Sprska, mas, integrando-se, por sua vez, na Croácia.
CMC

Etiquetas: , ,

1:29:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (2)




 
Ségolène[0.114/2007]
Dos trapos e das propostas

Caro Francisco,
Não se trata de encontrar incongruências nas propostas da candidata, mas antes de ser pouco cordato com o seu estatuto, de candidata à presidência, manifestar-se sobre uma assunto interno de um Estado soberano.
Noto, no entanto, que já conseguiu agremiar no Corta-Fitas, conforme as caixas de comentários atestam, um conjunto de pessoas que têm problemas intestinos com Ségolène. Sobre as propostas da candidata, nada, nem uma referência. Acerca da indumentária, pronunciam-se sobre tudo.
Às tantas, não fossem os pés saírem do chão, e ainda seria levado a pensar que só há uma candidatura ao Eliseu. Será que o outro grande favorito não tem propostas? Que eu saiba tem, e como europeu, preocupa-me a sua leitura, de uma UE de velocidades, na qual quem determina, sem mais nem menos, são os gigantes.
E quanto aos trapitos do candidato? A vestimenta do Ministro Bastonada merece a sua aprovação?
CMC
P.S.- Por falar em trapos... Espero que tenha apreciado a medida do Governo espanhol que o (seu) DN dá hoje a conhecer na última página.

Etiquetas: , ,

1:02:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Palestina[0.113/2007]
Oxalá que sim!

O partido Al Fatah, do presidente Mahmud Abbas, e o Hamas, no poder, alcançaram um acordo para a formação de um Governo de unidade, indicaram hoje fontes da Frente Democrática para a Libertação da Palestina (FDLP) à agência Maan.

Espera-se que os palestinianos cortem o arame farpado que edificaram na sua sociedade.
Seria um bom passo, desde logo evita a guerra civil, e será bom para a estabilidade regional.
CMC

Etiquetas: , ,

12:49:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Blogger[0.112/2007]
Das ressacas da adrenalina tecnológica

O Blogger por vezes consegue ainda ser mais radical que Fidel.
Quando lhe dá para a ditadura do silêncio, deixa-nos a falar sozinhos, como ainda ontem decidiu, com a mensagem a vermelho (a associação de cores não é mera coincidência) de server error.
Não é que seja grave, porque sempre se aproveita para evitar a publicação de mais um palpite, mas consegue ressacar um bloguista dependente da adrenalina do choque tecnológico.
LNT

Etiquetas: ,

12:44:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)



terça-feira, janeiro 23, 2007
 
Israel/Palestina[0.111/2007]
Bons sinais

"Every Palestinian contact that recognizes Israel, I see as a partner in negotiations - even if we're speaking of Hamas"

Enquanto a Fatah e Hamas acertam pontos, quanto ao tão necessário Governo de coligação, e já se encontram alguns pontos de convergência, do lado israelita, o Ministro da Defesa abre uma boa porta para o diálogo entre ambas as partes em contenda.
Parece que do lado israelita se percebeu que o Hamas é melhor como parceiro do que como inimigo. Naturalmente, há condições, e bem, que Israel deve determinar, como o reconhecimento do Estado hebreu por parte movimento radical palestiniano.
Os pequenos e seguros passos continuam a ser melhores do que os grandes e inseguros.
CMC

Etiquetas: , , ,

12:47:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
lupa[0.110/2007]
Posição pouco correcta para uma candidata a Presidente

Ora aqui está um ponto com o qual não posso concordar com Ségolène.
Que a cidadã seja defensora de um Quebeque independente, é uma opinião sua e merece respeito. Pode-se concordar ou não.
Porém, o estatuto de cidadã comum não assenta a Ségolène, pois trata-se de uma pessoa que é candidata à presidência da república francesa e, como responsável política que é, não deve imiscuir-se em assuntos de ordem interna de outros Estados soberanos.
Certamente, a candidata ou qualquer outro político francês não gostaria de ver um político não francês, candidato numa eleição de um qualquer país, que não a França, a pronunciar-se, numa campanha, a favor da independência da Córsega ou da Bretanha.
Posso perceber a leitura do ponto de vista francês. Seria mais um Estado francófono no mundo, ainda por cima próspero, que contribuiria para travar o declínio da língua de Moliére, e o que daqui advém, no mundo.
Mas, em política, nem tudo pode valer.
É uma posição e regra tácita de elementar bom-senso diplomático, não pronunciar sobre matérias de ordem interna de outros países soberanos.
CMC

Etiquetas: , ,

12:21:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (3)




 
Cornocópias

[0.109/2007]
Tout le chic de la couture

Falemos então como deve ser até porque se Miss Pearls vai falar aos microfones no dia 28, tem de ir devidamente elucidada.
A imagem superior refere alta-costura em branco e cornucópias. A primeira, da autoria de Dior, a segunda, de Valentino e a terceira não sei nem me interessa e penso que ninguém está interessado em saber.
Ora, que o Francisco possa meter os pés pelas mãos nas apreciações relevantes, percebe-se, porque eventualmente estará mais preocupado com os relevos.
Agora que Miss Pearls, autora de literatura sócio-trapinhos (aliás de excelente perspicácia e apurada pontaria como se pode ver nesta série 1 e 2) critique o charme de Ségolène naquela magnífica foto que o Francisco publicou com a futura senhora presidenta a sair de um brainstorming sem considerar que o glamour faz parte da sua grife, é imperdoável.
Safa-se não dizerem (ou não terem ainda dito) que a senhora tem joelhos valgos e pé chato.
Ao menos considerem que nunca tinham tido tanta atenção com os trapos do Eliseu, valha-me Deus!
LNT

Etiquetas: , ,

1:55:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (7)




 
Fuga Galinhas[0.108/2007]
Por aí

Isto anda levezinho porque a barra está pesada (já vou treinando, né?) e além do trabalho há que preparar a ida das galinhas até ao porto das ditas.
Uma semanita de folga, já falta pouco, deixando ao CMC as honras dos festejos tugirenses.
Até lá continuo a pedir a alguém, para além de Miss Pearls, que tenha acesso a arquivos do "o Século" ou ao maître Michel, ou a Mário Araújo Cabral, pormenores sobre a estória do jantar árabe no Tavares, no final dos anos 60.
E treinando o sotaque com Régio

Música (Som do Tugir em português)

LNT

Etiquetas: , ,

1:39:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (3)




 
arco Rua Augusta


[0.107/2007]
Onde está o Plano da Baixa?

O assunto pode estar esquecido das parangonas mediáticas destes dias, mais reservadas ao referendo da IVG, mas em que estado está o Plano para recuperar a Baixa de Lisboa?
Já estará engavetado?
Estará a autarquia à espera de mais um brilharete, ao bom estilo terceiro-mundista, com um monte de ferro instalado na Praça do Comércio para bater um novo recorde, com a árvore de Natal mais alta do mundo? Como se isso fosse a verdadeira recuperação da Baixa? Entre Dezembro e Janeiro.
Continuo a pensar que Lisboa não é uma fatalidade, por mais que estes responsáveis municipais se conformem com o estado desolado da cidade e vão governando para o dia-a-dia, como quem diz: ainda não fechámos as portas.
CMC

Etiquetas: , , , ,

12:51:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (1)



segunda-feira, janeiro 22, 2007
 
FARC[0.106/2007]
Ainda na América do Sul

A auto-considerada força de libertação, que mais não é do que um grupo terrorista que opera na Colômbia e financia-se, sobretudo, através do tráfico de droga - as FARC, volta a fazer mais uma das suas.
Infelizmente, mais uns inocentes morreram por estes senhores considerarem que libertam a Colômbia da opressão imperialista.
Lamenta-se que não tenham espelhos à frente e não distingam que a sua organização é a principal força de opressão da Colômbia.
CMC

Etiquetas: , ,

11:53:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (3)




 
seta[0.105/2007]
Nacionalizações

O discípulo aprende com o mestre, o mesmo é dizer, depois da Venezuela segue-se a Bolívia, ou, melhor, se quer saber o que se vai passar amanhã na Bolívia, saiba o que se faz hoje na Venezuela.
Assim vai o despautério na América do Sul.
Quando acordarão os milhões de enganados?
CMC

Etiquetas: , , ,

11:45:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (1)




 
cartaz[0.104/2007]
Modas

Não sou grande consumidor de rádio, nunca foi, mas no próximo domingo estarei com os ouvidos colados na rádio, mais propriamente sintonizado na Antena 1, pois a Isabel, mais conhecida na blogosfera por Miss Pearls, vai ser entrevistada.
Felizmente, para mim, infelizmente para o Francisco do Corta-Fitas, vou poder ouvir a Isabel, que me interessa muito mais do que notar, ao pormenor, na sua indumentária, como sou levado a crer que o bloguer do Corta-Fitas prefere, tendo em conta os seus escritos recentes.
Se a Isabel vai de calças ou saias, se está vestida de creme ou vermelho, pouco me importa - apesar de ter a curiosidade, admito, de saber se a Isabel vai vestir alguma peça de branco, tal a sua obsessão por Ségolène muitas vezes envergar o branco. (Se a Ségolène ganhar, cara Isabel, ainda ofereço um cachecol branco. :) )
Já o escriba do Corta-Fitas vai ter, em parte, uma desilusão, visto que não poderá ver o traje da Isabel, dado tratar-se de uma entrevista na rádio e não na televisão. Será que a Isabel vai com uma saia com cornucópias? Ou vestirá umas jeans? E o que levará calçado? E o penteado? E?...
Eu prefiro atender ao conteúdo da Isabel, que, já sei, ser muito e bom.
Portanto, cara Isabel, agradece-se, durante a entrevista, ou, talvez seja melhor, antes ou depois de a dar, expor um textinho no Corta-Fitas ou no Miss Pearls, conforme lhe aprouver, sobre a roupa que vai usar na entrevista, para ajudar o Francisco na sua análise.
CMC
P.S.- Tenho de agradecer ao Francisco, à Isabel e ao Luís (LNT) os bons momentos de gargalhada que hoje me provocaram, com as questões e comentários dos trajes. Desde o pormenor das cornucópias de Ségolene a Blair poder vestir um kilt... nunca me ri tanto, e a bom rir, na e por causa da blogosfera, como hoje!smile

Etiquetas: , ,

9:52:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (3)



This page is powered by Blogger. eXTReMe Tracker